Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10791
Title: Evolução de características físicas e químicas de topsoil de campo ferruginoso aplicado em projeto de recuperação de área degradada pela mineração.
Authors: Rocha, Fernanda Carolina Gomes
metadata.dc.contributor.advisor: Kozovits, Alessandra Rodrigues
Leite, Mariangela Garcia Praça
Messias, Maria Cristina Teixeira Braga
Keywords: Quadrilátero Ferrífero - MG
Geologia ambiental
Minas e mineração
Micromorfologia
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Martins, Sebastião Venâncio
Ribeiro, Elizene Veloso
Kozovits, Alessandra Rodrigues
Citation: ROCHA, Fernanda Carolina Gomes. Evolução de características físicas e químicas de topsoil de campo ferruginoso aplicado em projeto de recuperação de área degradada pela mineração. 2017. 74 f. Dissertação (Mestrado em Evolução Crustal e Recursos Naturais) – Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.
Abstract: O Quadrilátero Ferrífero (QF) concentra jazidas minerais de grande interesse para explotação de Ferro e Alumínio no Brasil e portanto, possui enorme demanda por programas eficientes de recuperação de áreas degradadas pela mineração. A vegetação sobre essas jazidas, como os campos ferruginosos, apresenta alto grau de endemismo e muitas espécies são de difícil reprodução ex situ. O uso de topsoil vem sendo apontado como uma das técnicas mais eficientes nos projetos de recuperação de áreas degradadas (RAD) em todo o mundo. A retirada dessa camada superficial pela atividade minerária dificulta o restabelecimento da vegetação uma vez que são perdidas características importantes como banco de sementes, micro e mesofauna, estrutura física adequada, dentre outras cruciais para o retorno e manutenção dos serviços ambientais perdidos. A legislação ambiental exige o uso de topsoil para projetos de RAD, porém, por dificuldades operacionais, o uso desse material não costuma ocorrer de imediato e, geralmente, nenhuma técnica é utilizada para seu armazenamento, podendo em alguns casos perder sua eficiência devido às más condições de estocagem. O presente estudo teve como objetivo avaliar a evolução das características físicas e químicas de topsoil utilizado em um projeto de RAD ao longo de 12 meses de experimento, considerando dois tratamentos: (1) uso de topsoil com diferentes tempos de armazenamento, sendo um o Topsoil Previamente Armazenado (TPA) por três meses até sua utilização e o outro Topsoil Recém Coletado (TRC) que fora utilizado imediatamente após sua raspagem na área e (2) adição de serapilheira para minimizar a lixiviação observada em outros estudos na mesma área. Nos testes realizados ao início do experimento, não foram observadas diferenças significativas referente aos três meses de armazenamento, porém, após 12 meses de experimento, as condições de fertilidade e microestruturais melhoraram em ambos os topsoils (TPA e TRC), sendo ainda melhores no TPA. Analisando-se os dados geoquímicos, não foram observadas perdas relevantes de nutrientes devido à lixiviação. Essas melhorarias estão intimamente relacionadas ao desenvolvimento da vegetação nas parcelas de estudo, uma vez que influenciaram na quantidade de matéria orgânica depositada no solo, promovendo alterações químicas e físicas, através do incremento de matéria orgânica (através da decomposição de material vegetal de espécies de ciclo de vida anual e deposição de serapilheira), desenvolvimento das raízes, entre outros, recriando um ambiente sustentável. Com esse estudo, percebeu-se que o tempo de armazenamento de três meses não foi suficiente para afetar a qualidade do topsoil originário de áreas de campos ferruginosos e reafirmou o papel transformador da vegetação como aspecto importante para a sustentabilidade dos projetos de RAD.
metadata.dc.description.abstracten: The Quadrilátero Ferrífero concentrates mineral deposits of great interest for the exploitation of Iron and Aluminum in Brazil, and therefore has a huge demand for efficient programs to recover areas degraded by mining. The vegetation on these deposits, like ferruginous fields, presents a high degree of endemism and many species are difficult to reproduce ex situ. The use of topsoil has been identified as one of the most efficient techniques in projects related to recovery of degraded areas worldwide. The removal of the superficial layer to the mining activity makes it difficult to restore vegetation, since important characteristics such as seed bank, micro and mesofauna, physical structure, among other things are crucial for the return and maintenance of lost environmental services. Environmental legislation requires the use of topsoil for recovery of degraded areas projects, however, due to operational difficulties, the use of this material does not usually occur immediately and usually no technique is applied for its storage, and in some cases may lose its efficacy due to bad storage conditions. The present study had as objective to evaluate the evolution of the physical and chemical characteristics of topsoil used in an recovery of degraded areas project during 12 months of experiment, considering two treatments: (1) use of topsoil with different storage times, one being Previously Stored Topsoil (TPA) for three months until its use and the other Newly Collected Topsoil (TRC) that was used immediately after its scraping in the area and (2) addition of litter to minimize the leaching observed in other studies in the same area. In the tests performed at the beginning of the experiment, no significant differences were observed regarding the three months of storage, however, after 12 months of experiment, fertility and microstructural conditions improved in both topsoils (TPA and TRC), being even better in TPA . Analyzing the geochemical data, no relevant nutrient losses were observed due to leaching. These improvements are closely related to the vegetation development in the study plots, since they influenced the amount of organic matter deposited in the soil, promoting chemical and physical changes, through the increase of organic matter (through the decomposition of plant material of annual life cycle species and deposition of litter), root development, among others, recreating a sustainable environment. With this study, it was noticed that the storage time of three months was not enough to affect the quality of topsoil originating from areas of ferruginous fields and reaffirmed the transforming role of vegetation as an important aspect for the sustainability of recovery of degraded areas projects.
Description: Programa de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10791
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 07/02/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGECRN - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACÃO_EvoluçãoCaracterísticasFísicas.pdf3,65 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons