Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10767
Title: Evolução da rede de drenagem e evidências de antigas conexões entre as bacias dos rios grande e São Francisco no sudeste brasileiro.
Other Titles: Drainage evolution and evidence of ancient connections between the grande and São Francisco river basins in southeastern Brazil
Authors: Rezende, Éric Andrade
Salgado, André Augusto Rodrigues
Castro, Paulo de Tarso Amorim
Keywords: Captura fluvial
Incisão fluvial
Superimposição
River capture
Superimposition
Issue Date: 2018
Citation: REZENDE, E. A.; SALGADO, A. A. R.; CASTRO, P. de T. A. Evolução da rede de drenagem e evidências de antigas conexões entre as bacias dos rios grande e São Francisco no sudeste brasileiro. Revista Brasileira de Geomorfologia, v. 19, p. 483-501, 2018. Disponível em: <http://www.lsie.unb.br/rbg/index.php/rbg/article/view/1304/386386392>. Acesso em: 11 fev. 2019.
Abstract: O presente trabalho investigou a evolução da rede de drenagem na alta/média bacia do Rio Grande, com foco em evidências de antigas conexões entre esta bacia e a bacia do Rio São Francisco no sudeste brasileiro. Foi executada a análise conjunta de registros sedimentares, anomalias de drenagem, eixos de soerguimento e dados termocronológicos disponíveis. Feições como um baixo divisor anômalo, um cotovelo de drenagem, uma garganta e um antigo eixo de soerguimento evidenciam que o alto curso do Rio Grande, hoje pertencente à bacia hidrográfica do Rio Paraná, encontrava-se previamente direcionado para norte, rumo ao Cráton do São Francisco. O divisor ancestral entre as duas bacias hidrográficas coincidia com o eixo soerguido de direção geral NNW-SSE ao longo das intrusões alcalinas Neocretáceas que bordejam a nordeste a Unidade geotectônica Bacia do Paraná. O rompimento do divisor ancestral e a consequente captura fluvial provavelmente ocorreram após um soerguimento generalizado no Mioceno Médio, que causou a superimposição da drenagem a partir de uma paleosuperfície mais regular e a abertura de depressões. O baixo divisor anômalo na região de Pimenta-MG corresponde a um expressivo registro morfológico do paleovale que conectava as duas bacias atualmente separadas. Taxas médias de incisão de longo-termo foram estimadas em cerca de 10 m/Ma, com base no posicionamento das formações Marília e Itaqueri adjacentes ao médio vale do Rio Grande.
metadata.dc.description.abstracten: This study investigated the drainage network evolution in the upper/middle Grande River basin, focusing on evidence of ancient connections between this basin and the São Francisco River basin in southeastern Brazil. A combined analysis of sedimentary records, drainage anomalies, uplift axes and available thermochronological data was performed. Features such as an anomalous low divide, a river elbow, a gorge and an ancient uplift axis evidence that the high course of the Rio Grande, currently belonging to the Paraná River basin, was previously directed to the São Francisco Craton (northward). The ancestral divide between the cited hydrographic basins coincided with the uplifted axis of general direction NNW-SSE along the Neocretaceous alkaline intrusions bordering the Paraná Basin. The rupture of the ancestral divide and the consequent river capture probably occurred after generalized uplift in the Middle Miocene, which caused the drainage superimposition on a more regular paleosurface and the excavation of depressions. The anomalous low divide in the region of Pimenta-MG corresponds to an expressive morphological record of paleovale that connected the two basins currently separated. Average long-term incision rates were estimated at about 10 m/Ma, based on the positioning of the Marília and Itaqueri formations adjacent to the middle Grande River valley.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10767
ISSN: 22365664
metadata.dc.rights.license: A Revista Brasileira de Geomorfologia permite que o Repositório Institucional da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) deposite uma cópia eletrônica dos artigos publicados por esse periódico  em que ao menos um dos autores faça parte da comunidade cientifica da UFOP. Fonte: Licença concedida por mediante preenchimento de formulário enviado por e-mail em 27 jan. 2014.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_EvoluçãoRedeDrenagem.pdf3,24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.