Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10692
Title: A abordagem institucionalista acerca do comércio internacional em contraponto à teoria das vantagens comparativas : o sistema japonês de inovações.
Other Titles: The institutional approach about of the international trade in counterpoint to theory of the comparative advantages : the japanese system of innovations.
Authors: Santos, Cezar Augusto Pereira dos
Casagrande, Dieison Lenon
Hoeckel, Paulo Henrique de Oliveira
Silva Júnior, Júlio César Araújo da
Keywords: Instituições
Vantagens comparativas
Inovações
Institutions
Comparative advantage
Issue Date: 2018
Citation: SANTOS, C. A. P. de et al. A abordagem institucionalista acerca do comércio internacional em contraponto à teoria das vantagens comparativas : o sistema japonês de inovações. Textos de economia, Florianópolis, v. 21 n. 1, p. 25-46, dez./mar. 2018. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/economia/article/view/2175-8085.2018v21n1p25>. Acesso em: 06 fev. 2019.
Abstract: O presente trabalho analisa a visão institucional em relação à participação de uma nação no comércio internacional – e o impacto que as mudanças institucionais no longo prazo acabam tendo sobre a liderança tecnológica mundial – em contraponto à Teoria das vantagens comparativas ao tratar desta questão. A argumentação aqui defendida, com base em uma pesquisa histórica/ bibliográfica, é que a visão institucional pode dar uma resposta consistente para explicar as mudanças ocorridas nas últimas décadas na posição de países como o Japão, por exemplo, enquanto players na arena do comércio internacional em produtos de alto valor agregado. Isto ocorre devido ao fato de a Economia Institucional levar em conta a diversidade de fatores que afetam o desempenho de uma nação, como por exemplo, o investimento em educação
metadata.dc.description.abstracten: The present work analyzes the institutional vision regarding the participation of a nation in international trade - and the impact that changes in long-term institutional end up taking on the global technology leadership in counterpoint the Theory of comparative advantage - when dealing this issue. The argumentation advocated here, based on a history / bibliographical research, it is that the institutional view can give a consistent answer to explain the changes in recent decades in the position of countries like Japan, for example, while players in the arena of international trade in high value-added products. This occurs due to the fact of the Institutional Economics take account the diversity of factors that affect the performance of a nation, like for example, the investment in education
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10692
ISSN: 21758085
metadata.dc.rights.license: Os trabalhos publicados na Revista Textos de Economia estão sob a Licença Creative Commons Attribution que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação. Fonte: Revista Textos de Economia <https://periodicos.ufsc.br/index.php/economia/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 06 fev. 2019.
Appears in Collections:DEECO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AbordagemInstitucionalistaComércio.pdf476,53 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.