Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10602
Title: A alteridade na prosaística de Bakhtin.
Authors: Nunes, Hugo Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor: Souza, Guiomar Maria de Grammont Machado de Araújo
Freitas, Romero Alves
Keywords: Mikhail Mikhailovitch Bakhtin
Filosofia
Fiódor Dostoiévski
Estética
Issue Date: 2018
metadata.dc.contributor.referee: Souza, Guiomar Maria de Grammont Machado de Araújo
Culleton, Alfredo Santiago
Maciel, Emílio Carlos Roscoe
Citation: NUNES, Hugo Ferreira. A alteridade na prosaística de Bakhtin. 2018. 84 f. Dissertação (Mestrado em Estética e Filosofia da Arte) - Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.
Abstract: Foi investigado o livro de Bakhtin Problemas da Poética de Dostoievski (2010) no qual Bakhtin detecta que, o equívoco da visão dos críticos literários em relação as obras de Dostoievski, se deve às suas concepções monológicas utilizadas como método de investigação, que não permitiram enxergar a criação polifônica de Dostoievski. No segundo capítulo foi analisado os equívocos cometidos pelos críticos literários em relação às obras de arte em geral e em relação às obras de Dostoievski. Ainda neste capítulo foi apresentada a palavra bivocada, ícone representante das múltiplas vozes e a alteridade, entendida como referência no processo de singularização do autor, personagens, leitores e críticos. No terceiro capítulo foi averiguada a visão excedente que complementa, de forma única, a relação do mesmo com o outro, ampliando a visão daqueles que participam da prosa.
metadata.dc.description.abstracten: It was investigated Bakhtin's book Problems of Dostoevsky’s Poetics (2010) in which Bakhtin detects that the misconception of the literary critics' vision of the works of Dostoevsky, is due to their monological conceptions used as a method of investigation, that did not allow to see a polyphonic creation of Dostoyevsky. In the second chapter, it was analyzed the misconceptions committed by literary critics in relation to works of art in general and in relation to Dostoevsky's works. Still in this chapter was presented the word bivocated, a representative icon of the multiple voices and the alterity, understood as a reference in the process of singularization of the author, characters, readers, and critics. In the third chapter, it was investigated the excess vision that complements, in a unique way, a relation of the same with the other, amplifying the vision of those who participate in prose.
Description: Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Departamento de Filosofia, Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10602
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 18/12/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGEFA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AlteridadeProsaísticaBakhtin.pdf833,49 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons