Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10340
Title: As famílias plurais e as contribuições para uma sociedade mestiça na comarca de Sabará (1720 – 1800).
Authors: Santos, Igor Bruno Cavalcante dos
metadata.dc.contributor.advisor: Gonçalves, Andréa Lisly
Keywords: Instituição social
Famílias plurais
Concubinato
Escravidão
Mestiçagem
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Antunes, Álvaro de Araújo
Netto, Rangel Cerceau
Gonçalves, Andréa Lisly
Citation: SANTOS, Igor Bruno Cavalcante dos. As famílias plurais e as contribuições para uma sociedade mestiça na comarca de Sabará (1720 – 1800). 2017. 157 f. Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.
Abstract: A comarca de Sabará, no transcurso do século XVIII, representava uma das regiões mais populosas da capitania mineira. Fora um local cujas gentes que ali viviam, bem como outras que por ali passavam estabelecendo comércio, expressavam as suas diferenças (biológicas e culturais) das mais variadas maneiras possíveis. Pessoas de “qualidades” (branco, preto, crioulo, pardo, cabra, mulato, dentre outros) e “condições” sociojurídicas distintas (livres, libertos e escravos), ali viveram e influenciaram, significativamente, o intenso e complexo processo das mestiçagens vivenciadas na realidade colonial. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho constitui pensar essa complexidade sociocultural citada dentro do aspecto familiar. Através das devassas eclesiásticas, as relações constituídas através do concubinato são analisadas com o sentido de uma variação do estado conjugal, daí o título “Famílias Plurais”, bem como investigada a partir do ponto de vista de terem sido, as mesmas, resultados e resultantes dos processos de misturas e rejeições que envolveram, inclusive, as vivências familiares na Comarca de Sabará entre os anos 1720 a 1800.
metadata.dc.description.abstracten: The Sabará region, in the middle of the 18th century, used to be represented like one of the most populous regions of the mining captaincy. It had been a place where people lived there, as well as others who had been trading there, expressed their differences (biological and cultural) in as many different ways as possible. "Quality" people (white, black, creole, brown, goat, mulatto, among others) and distinct socio-juridical conditions (free, liberated and enslaved) had lived there and significantly influenced the intense and complex process of miscegenation experienced in colonial reality. In this sense, the objective of this work is to think about the sociocultural complexity mentioned above within the family aspect. Through the ecclesiastical devasas, the relations constituted through concubinage are analyzed with the sense of a variation of the conjugal state, hence the title "Plural Families", as well as investigated from the point of view of having been, the same, only results and processes results of the mixtures and rejections that included, also, the familiar experiences in the Sabará region during the years 1720 to 1800.
Description: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10340
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 28/09/2017 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_FamíliasPluraisContribuições.pdf2,59 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons