Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/10075
Title: Percepções de licenciandos em Matemática acerca do ofício de professor.
Authors: Soares, Maria Cecília Pereira
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Ana Cristina
Keywords: Matemática - estudo e ensino
Professores - formação
Issue Date: 2018
metadata.dc.contributor.referee: Ferreira, Ana Cristina
Araújo, Regina Magna Bonifácio
Zaidan, Samira
Citation: SOARES, Maria Cecília Pereira. Percepções de licenciandos em Matemática acerca do ofício de professor. 2018. 142 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.
Abstract: O foco do presente estudo é a percepção do ofício de professor de Matemática e como a mesma se transforma (ou não) ao longo da formação inicial. Nessa pesquisa exploratória, de natureza qualitativa, acompanhamos um grupo de alunos de um curso de Licenciatura em Matemática de uma universidade pública do interior de Minas Gerais ao longo de três semestres letivos. A produção de dados se deu a partir da observação de aulas das disciplinas de Prática de Ensino e de Estágio Supervisionado, da produção de reflexões escritas pelos licenciandos, bem como de diário de campo da pesquisadora, questionário e entrevistas realizados com os licenciandos. A partir da análise dos dados e dos referenciais teóricos que fundamentaram a pesquisa, evidenciamos que a maioria dos participantes percebe o ofício de professor de Matemática como complexo porque demanda conhecimentos além dos matemáticos e o cumprimento de muitas exigências, envolve a relação com os alunos que se dá em um contexto configurado por situações diversas, ora conhecidas, ora inesperadas, e exige busca por aprimoramento. Os licenciandos atribuem considerável importância às disciplinas de Prática de Ensino e Estágio Supervisionado cursadas ao longo do curso e à participação em projetos oferecidos pela universidade para o conhecimento da realidade escolar; acreditam que o ofício se constrói na prática, que é consolidada no exercício da profissão e na observação do modo de trabalhar dos professores que tiveram ao longo da vida escolar. Eles percebem claramente a importância social e as responsabilidades desse ofício, mas consideram que ele é desvalorizado, não somente a partir da questão salarial, mas também pelo status social. Contudo, o ofício de professor de Matemática é também visto como prazeroso e gratificante. Esse prazer se manifesta quando percebem o desenvolvimento dos alunos, que podem ensiná-los de diferentes maneiras até que entendam o conteúdo, contribuindo, assim, na formação futura dos mesmos.
metadata.dc.description.abstracten: This study is focused on the perception of Mathematics teaching and how it changes (or not) through the teacher‟s initial training. In this exploratory and qualitative research, we observed, for three school terms, a group of students of a Mathematics Teaching undergraduate course in a public university, in the countryside of Minas Gerais. Data were supplied from class observations in the Teaching Practice and Supervised Practicum courses, production of written reflections by the students, as well as researcher‟s field journal, questionnaires, and interviews with students. According to the data analysis and the theoretical framework on which this study is based, we proved to know that Mathematics teaching is seen as complex by most of the participants because it requires a type of knowledge beyond mathematical skills. It also demands the fulfillment of a great many of requirements, a teacher-student relationship that happens in a context set by several situations (foreseen or unexpected), and a quest for qualification. The Mathematics students grant considerable importance to the Teaching Practice and Supervised Practicum courses attended and their participation in projects provided by the university to help them understand school reality. They believe that a job is built on practice, and practice is acquired through teaching and observing the way of work of teachers they have had in their school life. They clearly perceive the social importance and the responsibilities embedded in this job, but they see it as devalued, not only regarding wage issues, but also regarding social status. However, Mathematics teaching is also seen as pleasant and rewarding. This pleasure is manifested when a teacher realizes his/her students‟ development and they understand it is possible to teach in multiple ways, contributing to the students‟ future training.
Description: Programa de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10075
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 20/07/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PercepçõesLicenciandosMatemática.pdf1,07 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons