Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/10063
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVolp, Ana Carolina Pinheiropt_BR
dc.contributor.advisorFreitas, Renata Nascimento dept_BR
dc.contributor.advisorOliveira, Fernando Luiz Pereira dept_BR
dc.contributor.authorGomes, Simone Fátima-
dc.date.accessioned2018-08-06T12:49:44Z-
dc.date.available2018-08-06T12:49:44Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationGOMES, Simone Fátima. Efeito do consumo da polpa de açaí (Euterpe oleracea Mart.) nos parâmetros antropométricos, clínicos e bioquímicos de mulheres clinicamente saudáveis com concentrações de IFN-γ menor e maior que 5 pg/mL. 2016. 93 f. Dissertação (Mestrado em Saúde e Nutrição) - Escola de Nutrição, Universidade Federal de Ouro Preto, Escola de Nutrição, Ouro Preto, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10063-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Saúde e Nutrição. Escola de Nutrição, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractIntrodução: O IFN-y está associado à modulação de respostas inflamatórias que podem culminar em doenças crônicas metabólicas. Encontrar meios de inibir a inflamação subclínica e alterações metabólicas associadas é de extrema importância. Neste contexto, a inserção da polpa de açaí, fruto rico em antocianinas, pode apresentar potencial efeito antioxidante e anti-inflamatório. Objetivos: Verificar o efeito do consumo da polpa de açaí (Euterpe oleracea Mart. mart.) nos parâmetros antropométricos, clínicos e bioquímicos em mulheres clinicamente saudáveis, classificadas em dois grupos: G1 e G2, com concentrações de IFN-γ menor e maior que 5 pg/ml, respectivamente. Métodos: 24 mulheres no G1 e 16 mulheres no G2, ingeriram 200g de polpa de açaí durante 4 semanas, em situação de vida livre. Medidas antropométricas, composição corporal, dados bioquímicos e clínicos foram avaliados antes e após a intervenção. Resultados: Após a intervenção houve redução significativa de pressão arterial diastólica (p=0,035) e das concentrações de leptina (p=0,006) nas voluntárias do G2, enquanto que as do G1 não apresentaram alterações significativas. Conclusão: O consumo da polpa de açaí durante 4 semanas desencadeia manutenção da homeostase metabólica nas voluntárias com concentrações de IFN-γ menor que 5 pg/mL e promove potencial efeito protetor para doenças metabólicas nas com concentrações de IFN-γ maior que 5 pg/mL.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectInflamação - doenças crônicaspt_BR
dc.subjectInterferon - citocinaspt_BR
dc.subjectFlavonoidespt_BR
dc.titleEfeito do consumo da polpa de açaí (Euterpe oleracea Mart.) nos parâmetros antropométricos, clínicos e bioquímicos de mulheres clinicamente saudáveis com concentrações de IFN-γ menor e maior que 5 pg/mL.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 08/06/2017 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeVolp, Ana Carolina Pinheiropt_BR
dc.contributor.refereeAmaral, Joana Ferreira dopt_BR
dc.contributor.refereeSilva, André Talvani Pedrosa dapt_BR
dc.contributor.refereeFreitas, Renata Nascimento dept_BR
dc.contributor.refereeOliveira, Fernando Luiz Pereira dept_BR
dc.description.abstractenIntroduction: The IFN-y is associated with modulation of inflammatory responses that may lead to metabolic chronic diseases. Finding ways to inhibit subclinical inflammation and associated metabolic disorders is of paramount importance. In this context, the inclusion of acai pulp, fruit rich in anthocyanins, may have potential antioxidant and anti-inflammatory effect. Objectives: To evaluate the effect of consumption of açaí (Euterpe oleracea Mart mart.) in anthropometric, clinical and biochemical in clinically healthy women parameters classified in two groups: G1 and G2, with IFN-γ concentrations lower and higher than 5 pg / ml, respectively. Methods: 24 women in G1 and 16 women in G2, ate 200g of açaí pulp for 4 weeks, in free living situation. Anthropometric measurements, body composition, biochemical and clinical data were evaluated before and after the intervention. Results: After the intervention, there was a significant reduction in diastolic blood pressure (p = 0.035) and leptin concentrations (p = 0.006) in voluntary G2, while the G1 did not show significant changes. Conclusion: The use of açaí pulp for 4 weeks triggers maintaining metabolic homeostasis in volunteers with IFN-γ concentrations lower than 5 pg / ml and promotes the potential protective effect for metabolic disease in IFN-γ concentrations greater than 5 pg / ml.pt_BR
Appears in Collections:PPGSN - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_EfeitoConsumoPolpa.pdf1,55 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons