Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7746
Título: Longitudinal anthropometric assessment of infants born to HIV-1-infected mothers, Belo Horizonte, southeastern Brazil.
Título(s) alternativo(s): Avaliação antropométrica longitudinal de lactentes nascidos de mães infectadas pelo HIV-1.
Autor(es): Fausto, Maria Arlene
CarneiroI, Mariângela
Antunes, Carlos Mauricio de Figueiredo
Colosimo, Enrico Antonio
Pinto, Jorge Andrade
Palavras-chave: Infant
Body weights and measures
Growth and development
HIV infections
Data do documento: 2011
Referência: FAUSTO, M. A. et al. Longitudinal anthropometric assessment of infants born to HIV-1-infected mothers, Belo Horizonte, southeastern Brazil. Revista de Saúde Pública, v. 45, p. 652-60, 1991. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102011000400003>. Acesso em: 08 nov. 2014.
Resumo: The study was a longitudinal evaluation of the z-scores for the weight-for-age (WAZ), weight-for-length (WLZ) and length-for-age (LAZ) data collected from a cohort. A total of 97 non-infected and 33 HIV-infected infants born to HIV-1-infected mothers in Belo Horizonte, Southeastern Brazil, between 1995 and 2003 was studied. The average follow-up period for the infected and non-infected children was 15.8 months (variation: 6.8 to 18.0 months) and 14.3 months (variation: 6.3 to 18.6 months), respectively. A mixed-effects linear regression model was used and was fi tted using a restricted maximum likelihood.
Resumo em outra língua: Avaliação longitudinal dos z-escores peso-idade (PI), estaturaidade (EI), peso-estatura (PE) foi realizada em uma coorte. Foram estudados 97 lactentes não-infectados e 33 lactentes infectados nascidos de mães infectadas com o HIV-1 em Belo Horizonte, MG, de 1995 a 2003. O tempo mediano de seguimento para os lactentes infectados e não-infectados foi de 15,8 meses (variação: 6,8 a 18,0 meses) e 14,3 meses (variação: 6,3 a 18,6 meses), respectivamente. Utilizou-se o modelo de regressão linear de efeitos mistos ajustado por máxima verossimilhança restrita para construir as curvas de crescimento.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7746
ISSN:  15188787
Licença: Todo o conteúdo do periódico Revista de Saúde Pública, exceto onde identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Fonte: Revista de Saúde Pública <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0034-8910&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 24 jan. 2017.
Aparece nas coleções:DEALI - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_LongitudinalAntropometricAssessment.pdf376,95 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.