Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7089
Título: Caracterização da escória de ferro silício-manganês para a aplicação como agregado em pavimentação ferroviária.
Autor(es): Oliveira, Ralph Werner Heringer
Orientador(es): Fernandes, Gilberto
Palavras-chave: Engenharia civil
Pavimentos
Escória
Data do documento: 2013
Membros da banca: Fernandes, Gilberto
Gomes, Romero César
Palmeira, Ennio Marques
Referência: OLIVEIRA, Ralph Werner Heringer. Caracterização da escória de ferro silício-manganês para a aplicação como agregado em pavimentação ferroviária. 2013. 212f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Geotécnica) – Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2015.
Resumo: A dissertação trata de um trabalho experimental que foi conduzido em duas etapas paralelas, sendo uma de campo e uma de laboratório. No presente trabalho objetivou-se estudar a escória de ferro silício-manganês de forma simples. Em campo foi montado um simulador de resistividade elétrica para lastro ferroviário, onde foi feito a avaliação da resistividade da escória em todas as condições climáticas, alcançando uma resistividade acima da mínima especificada pela AREMA. Em laboratório foram realizados ensaios de caracterização física, mecânica, química, mineralógica, ambiental e elétrica. Sendo que a caracterização física foi dividida em duas etapas. Na primeira fase foram realizados os ensaios prescritos pela norma NBR 5564 (2011). Na segunda fase foram executados ensaios complementares com a finalidade de obter fundamentos técnicos e científicos para provar que o limite máximo de absorção e porosidade estabelecido pela norma, em se tratando da escória de ferro silício-manganês, pode ser maior. Por este motivo foi identificado à morfologia, organização, distribuição dos poros da escória obtendo assim um conhecimento maior do material para correlacionar a sua resistência com a porosidade e absorção. Para a realização desta nova campanha de ensaios foram selecionadas aleatoriamente amostras da escória de ferro silíciomanganês, que foram submetidas a uma análise microscópica dos poros e aos ensaios massa específica aparente, porosidade aparente, absorção de água, carga pontual, com os valores de todos os ensaios realizados com a mesma amostra foi gerado uma análise computacional e modelagem matemática de regressão polinomial e exponencial, que demostrou que os valores dos ensaios de absorção de água e porosidade podem ser maiores que o limite máximo preconizados pela norma. Comprovando que os valores da norma NBR 5564 (2011), especificado para materiais rochosos não se aplicam à escória de ferro silício-manganês. A escória de ferro silício-manganês apresentou valores superiores aos limites mínimos prescritos pelas normas técnicas nacionais e internacionais, demostrando que a mesma é um ótimo substituto dos materiais rochosos utilizados para lastro ferroviário.
Resumo em outra língua: The dissertation is an experimental work that was conducted in two parallel steps, with some field tests and with laboratory tests. The present work aimed to study the iron slag silico-manganese simple. A simulator for railway ballast electrical resistivity was set in the field which was done to evaluate the resistivity of the slag in all weather conditions, reaching a resistivity above the minimum specified by AREMA. In laboratory tests were carried out physical, mechanical, chemical, mineralogical, environmental and electrical. The physical phase was divided into two stages. In the first phase were carried out the tests prescribed by NBR 5564 (2011). In the second phase testing were performed in order to obtain technical and scientific fundaments to prove that the maximum absorption and porosity provided by the standard, in the case of iron slag silico-manganese, may be greater. For this reason, the morphology was identified, organization, pore distribution slag thus obtaining a greater knowledge of the material for its resistance to correlate with the porosity and absorption. For the realization of this new test campaign were randomly selected samples of iron slag silico-manganese, which were subjected to microscopic examination and testing pore bulk density, apparent porosity, water absorption, point charge, with values all tests on the same sample was generated computational analysis and mathematical modeling polynomial regression and exponential demonstrated that the values of absorption of water and porosity may be greater than the maximum limit recommended by the standard. Proving that the values of NBR 5564, (2011), specified for rock materials do not apply to iron slag silico-manganese. The iron slag silico-manganese values were above the minimum limits prescribed by national and international technical standards, demonstrating that it is a great substitute for rock materials used for railway ballast.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Geotécnica. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7089
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 17/10/2016, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:POSGEO - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_CaracterizaçãoEscóriaFerro.pdf12,28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.