Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6893
Título: A teoria do direito natural de Tomás de Aquino na filosofia do direito contemporâneo.
Autor(es): Oliveira, Júlio Aguiar de
Lessa, Bárbara Alencar Ferreira
Palavras-chave: Direito natural
Lei natural
Tomás de Aquino
Ética das virtudes
Data do documento: 2014
Referência: OLIVEIRA, J. A. de; LESSA, B. A. F. A teoria do direito natural de tomás de aquino na filosofia do direito contemporâneo. Revista Opinião Jurídica, Fortaleza, v. 12, p. 208-231, 2014. Disponível em: <http://periodicos.unichristus.edu.br/index.php/opiniaojuridica/article/view/213>. Acesso em: 07 ago. 2016.
Resumo: A ética das virtudes, na perspectiva clássica, tem sido resgatada por filósofos morais e filósofos do direito, por meio de reinterpretações das teorias de Aristóteles e Tomás de Aquino. A filosofia moral moderna, polarizada, basicamente, por deontologistas e utilitaristas, invoca conceitos como obrigação e dever moral, mas ignoram reflexões mais profundas sobre virtude, educação moral, amizade. A partir dessa afirmação, filósofos contemporâneos têm se voltado para as teorias de Aristóteles e Tomás de Aquino, que fornecem descrições consistentes sobre a natureza humana, o direito, a justiça e outras virtudes. Nesse contexto, o objetivo do trabalho é apresentar o contexto geral da redescoberta contemporânea da filosofia do direito de Aristóteles e Tomás de Aquino, em especial da teoria do direito natural tomista. Em primeiro lugar, será analisada, em linhas gerais, a reabilitação da teoria aristotélica das virtudes no campo da filosofia moral. Em seguida, serão apresentados aspectos da redescoberta da teoria do direito natural de Tomás de Aquino por filósofos contemporâneos, por meio de reinterpretações da teoria tomista, incluindo as teses propostas por Jacques Maritain e John Finnis. Pretende-se, assim, mostrar a posição de destaque ocupada pela teoria de Tomás de Aquino nas discussões contemporâneas em filosofia do direito. Nesse sentido, a teoria tomista não pode mais ser negligenciada no contexto dos debates atuais sobre direito e justiça, podendo, assim, fornecer respostas para problemas de nosso tempo, como a fundamentação dos direitos humanos.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6893
ISSN: 24476641
Licença: A Revista Opinião Jurídica permite o depósito da versão pós print e a distribuição para fins não comerciais dos artigos por ela publicada. Fonte: Diadorim <http://diadorim.ibict.br/handle/1/1114>. Acesso em: 14 ago 2016.
Aparece nas coleções:DEDIR - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_TeoriaDireitoNatural.pdf706,91 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.