Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/6824
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPrado, Jan Alyne Barbosa-
dc.date.accessioned2016-08-12T20:29:39Z-
dc.date.available2016-08-12T20:29:39Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationPRADO, J. A. B. A expansão da teoria do agenda-setting em sistemas informativos da Web. Galáxia, São Paulo, v. 14, p. 262-273, 2014. Disponível em:<http://www.scielo.br/pdf/gal/v14n28/v14n28a21.pdf>. Acesso em: 25 jul. 2015.pt_BR
dc.identifier.issn1982-2553-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6824-
dc.description.abstractO artigo parte da premissa de que boa parte das interpretações e críticas direcionadas à teoria do agenda-setting se concentram mais nos enunciados referentes às conclusões mais gerais sobre as pesquisas em agenda-setting e menos em seus fundamentos, limites e condições de validade. Por outro lado, defende-se a legitimidade de algumas críticas direcionadas à teoria, e mais especificamente, as relacionadas à concepção da natureza das agendas, aos métodos pelos quais elas são investigadas, bem como ao modo como se operacionaliza a relevância (salience) dos temas e predicados. Pretende-se, nesse sentido, apontar para a superação de algumas destas críticas, por ocasião da sistematização de possibilidades da expansão do paradigma, em suas dimensões centrípeta e centrífuga, quando investigadas através de sistemas e ambientes da Web.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectEpistemologiapt_BR
dc.subjectJornalismopt_BR
dc.subjectWebpt_BR
dc.subjectEpistemologypt_BR
dc.subjectAgenda-settingpt_BR
dc.titleA expansão da teoria do agenda-setting em sistemas informativos da Web.pt_BR
dc.typeArtigo publicado em periodicopt_BR
dc.rights.licenseOs trabalhos publicados na Revista Galáxia estão sob Licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais. Fonte: Galáxia. Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1982-2553>. Acesso em: 27 set. 2019.pt_BR
dc.description.abstractenExpansion of the agenda-setting theory in information systems on the Web – This article starts from the premise that a considerable part of the interpretations and criticisms of the agenda-setting theory focus on statements about the most general conclusions in agenda-setting research rather than on its fundamentals, limits and conditions of validity. On the other hand, it defends the legitimacy of some criticisms of the theory, more specifically those related to the design of agenda-setting research, the methods whereby it is investigated, and how the relevance (salience) of its themes is presented. In this regard, the intention is to point out how some of these criticisms have been overcome through the systematization of some possibilities for the expansion of the centripetal and centrifugal dimensions of this paradigm when investigated by means of WWW systems and environments.-
Appears in Collections:DEJOR - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ExpansãoTeoriaAgenda.pdf446,55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.