Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6096
Título: Relative age effect on anthropometry, biological maturation and performance of young soccer players.
Título(s) alternativo(s): Efeito da idade relativa na antropometria, maturação biológica e desempenho em jovens futebolistas.
Autor(es): Matta, Marcelo de Oliveira
Figueiredo, Antônio José Barata
Garcia, Emerson Silami
Werneck, Francisco Zacaron
Seabra, André
Palavras-chave: Biological maturation
Chronological age
Performance
Soccer
Data do documento: 2015
Referência: MATTA, M. de O. et al. Relative age effect on anthropometry, biological maturation and performance of young soccer players. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, v. 17, p. 257-268, 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbcdh/v17n3/1415-8426-rbcdh-17-3-0257.pdf>. Acesso em: 18 jan. 2015.
Resumo: O estudo teve como propósito investigar a presença do efeito da idade relativa e a influência do quartil de nascimento na antropometria, maturação biológica e desempenho físico e técnico de jovens futebolistas. Foram amostrados 119 futebolistas do sexo masculino, sendo 74 da categoria infantil (sub-15) e 45 da categoria juvenil (sub-17). A data de nascimento dos atletas foi dividida em quatro quartis. Foram avaliadas a massa corporal, a estatura e as dobras cutâneas. A maturação biológica foi acedida através da idade esquelética, pelo método de Fels. O desempenho físico incluiu testes de força de membros inferiores, velocidade, resistência aeróbica e potência anaeróbica. O desempenho técnico foi avaliado pelas provas de controle da bola, condução da bola e precisão de chute. No geral, 65,5% dos futebolistas nasceram no primeiro semestre do ano (c2=8,069, p=0,04), porém, na análise por categoria, não houve diferença significante na distribuição das datas de nascimento por quartil quando comparado com a população de referência (sub-15: c2=6,322, p=0,10; sub-17: c2=2,339, p=0,50). A MANCOVA não revelou diferenças significantes entre os quartis na antropometria, maturação biológica e desempenho físico e técnico em ambas as categorias competitivas. Estes resultados sugerem que existe maior proporção de jovens futebolistas brasileiros nascidos nos primeiros meses do ano, mas que o EIR não constitui necessariamente uma vantagem sob o ponto de vista antropométrico, físico e técnico. Os processos individuais de maturação biológica devem ser considerados pelos técnicos na seleção dos atletas. ________________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: The study examined the presence of the relative age effect (RAE) and association between birth quartile and anthropometry, biological maturation and physical and technical performance of young Brazilian soccer players. The sample included 119 male players, 74 of U-15 category and 45 of U-17 category, which were divided into quartiles according to the birth year. Biological maturation was assessed using the method of skeletal age of Fels. Anthropometric measurements included body weight, stature and subcutaneous adiposity. Physical fitness assessment included strength tests in the lower limbs, speed, aerobic endurance and anaerobic power. Technical skills included ball control, dribbling and kicking accuracy. Overall, 65.5% of soccer players were born on the first half of the year (c2= 8.069, p = 0.04); however, in the analysis by category, there was no significant difference in the distribution of birth dates for quartile when compared with the reference population (U-15: c2=6.322, p=0.10; U-17: c2=2.339, p=0.50). MANCOVA revealed no significant differences between anthropometry, biological maturation and physical and technical performance in both competitive categories. These results suggest that there is a higher proportion of young Brazilian soccer born on the first months of the year, but that RAE does not necessarily constitute an advantage under the anthropometric, physical and technical standpoint. The process of biological maturation of individuals should be considered by coaches in the selection of athletes.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6096
ISSN: 19800037
Licença: Os trabalhos publicados na Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano estão licenciados sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License, que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista. Fonte: Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano <https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 17 mar. 2015.
Aparece nas coleções:DEEFD - Artigos Publicados em Periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EfeitoIdadeFutebolistas.pdf179,12 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.