Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5920
Título: Talcose entre artesãos em pedra-sabão em uma localidade rural do Município de Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil.
Título(s) alternativo(s): Talc pneumoconiosis among soapstone handicraft workers in a rural area of Ouro Preto, Minas Gerais, Brazil.
Autor(es): Bezerra, Olívia Maria de Paula Alves
Dias, Elizabeth Costa
Galvão, Márcio Antônio Moreira
Carneiro, Ana Paula Scalia
Palavras-chave: Talcosis
Occupational health
Pneumoconiose
Saúde ocupacional
Data do documento: 2003
Referência: BEZERRA, O. M. de P. A. Talcose entre artesãos em pedra-sabão em uma localidade rural do Município de Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 19, n.6, p. 1751-1759, 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csp/v19n6/a19v19n6.pdf>. Acesso em: 08 de set. 2015.
Resumo: A talcose é uma pneumoconiose ainda pouco estudada em nosso meio. Sua ocorrência foi investigada no Distrito de Mata dos Palmitos, Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil, entre artesãos em pedra-sabão, que trabalham em produção de base familiar, de caráter informal. Na localidade, vivem cerca de 180 habitantes, dos quais 108 se ocupam com o artesanato em pedra-sabão e 15 alternam a produção de peças artesanais com as atividades nas minas. Foram realizados exames clínicos, enfatizando a história ocupacional; questionário padronizado de sintomas respiratórios; radiografia de tórax (padrão OIT) e espirometria. Observou-se baixa prevalência de queixas respiratórias, e a dispnéia foi o sintoma mais freqüente. A ocorrência de bronquite crônica foi identificada em 12 trabalhadores adultos. O exame radiológico de tórax evidenciou pequenas opacidades pulmonares em cinco trabalhadores, e 11 foram considerados suspeitos. Um trabalhador apresentou espessamento pleural em placa. Alterações na espirometria foram observadas em sete trabalhadores. O estudo da composição da poeira revelou a presença de fibras respiráveis de asbesto do grupo dos anfibólios (tremolita-actinolita). Esses resultados sugerem a ocorrência de talcoasbestose entre os artesãos em pedra-sabão. ____________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Talc pneumoconiosis in Brazil has received little research attention to date. The disease was investigated in Mata dos Palmitos, a district of Ouro Preto, Minas Gerais State, among soapstone handicraft workers. The district has some 180 inhabitants, of whom 108 are engaged in handicrafts production, while 15 alternate handicrafts production with work in the soapstone quarries. A clinical and occupational investigation was conducted, along with a respiratory symptoms standardized questionnaire, chest x-ray (ILO standard), and spirometry. Clinical data showed a low prevalence of respiratory complaints. Dyspnea was the most frequent symptom. Chronic bronchitis was identified in 12 adult workers. Chest x-rays showed evidence of small lung opacities in 5 workers, and in 11 there was suspicion of the same opacities. One worker showed a plaque-shaped pleural thickening. Seven workers showed abnormal spirometry. The soapstone dust composition showed breathable asbestos fibers from the amphibole group (tremolite-actinolite). The results suggest talc asbestosis occurrence among soapstone handicraft workers.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5920
ISSN: 16784464
Licença: Todo o conteúdo do periódico Cadernos de Saúde Publica, exceto quando identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e licenciante. Fonte: Cadernos de Saúde Publica <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0102-311X&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 21 out. 2015.
Aparece nas coleções:DEMSC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_TalcoseEntreArtesãos.pdf52,82 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.