Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5861
Título: Projeto Conviver : estímulo à convivência entre idosos do catete, Ouro Preto, MG.
Título(s) alternativo(s): Socialization project : encouraging socialization among elders in Catete, Ouro Preto, Minas Gerais.
Autor(es): Andrade, Thiago Pereira
Mendonça, Bernardo Pinto Coelho Keuffer
Lima, Débora Camargos de
Alfenas, Ivanilde do Carmo
Bonolo, Palmira de Fátima
Palavras-chave: Saúde do idoso
Promoção de saúde
Depressão
Socialização
Data do documento: 2012
Referência: ANDRADE, T. P. et al. Projeto Conviver : estímulo à convivência entre idosos do catete, Ouro Preto, MG. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 36, p. 81-85, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbem/v36n1s1/v36n1s1a11.pdf>. Acesso em 21 out. 2015.
Resumo: Os grupos de convivência para idosos contribuem para a promoção do envelhecimento ativo e a preservação das capacidades e do potencial do indivíduo nessa fase. Desse modo, criou-se o Projeto Conviver, direcionado, principalmente, para a população idosa da comunidade do Catete (bairro de Santo Antônio do Leite, Distrito de Ouro Preto), na qual foram observados relatos relevantes de tristeza, ansiedade e depressão descritos por profissionais de saúde da região. O grupo buscou interferir positivamente no bem-estar mental de seus participantes, por meio de oficinas que valorizaram o convívio e promoveram o envelhecimento ativo. Ao final do projeto, foi realizada uma avaliação na qual cada participante relatou a interferência dos grupos operativos em suas vidas. Com o trabalho, criou-se um forte vínculo entre os integrantes do Projeto Conviver; promoveu-se um intercâmbio de conhecimentos; houve a adoção pela comunidade de hábitos de vida mais saudáveis; e houve aproximação dos acadêmicos aos cenários de prática de promoção da saúde. Os resultados obtidos demonstram que, de fato, os grupos operativos promovem o bem-estar dos idosos, estimulando a socialização a partir da convivência de seus integrantes. ____________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Socialization groups for the elderly help foster active aging and preservation of the individual’s capacities and potential in this phase of life. The “Conviver” project was thus created, targeting mainly the elderly population in the community of Catete (a neighborhood of Santo Antônio do Leite, a township in Ouro Preto, Minas Gerais State), where health workers reported cases of sadness, anxiety, and depression among the elders. The group sought to intervene positively in the participants’ mental well-being, through workshops that valued socialization and fostered active aging. An evaluation was performed at the end of the project in which participants described the operative groups’ impact on their lives. The project created a strong bond among members of the “Conviver” project , besides fostering exchange of knowledge and the community’s adoption of healthier habits and closer participation by students in a health promotion setting. The results show that the operative groups promote the elders’ well-being by fostering their socialization.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5861
ISSN: 19815271
Licença: Todo o conteúdo do periódico Revista Brasileira de Educação Médica, exceto onde identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Fonte: Revista Brasileira de Educação Médica <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0100-5502&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 21 out. 2015
Aparece nas coleções:DECPA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_ProjetoConviverEstímulo.pdf100,7 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.