Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5592
Título: Macunaíma, literatura, cinema e filosofia.
Autor(es): Kangussu, Imaculada Maria Guimarães
Fonseca, Jair Tadeu da
Palavras-chave: Mito
Literatura
Cinema
Philosophy
Fancy
Data do documento: 2012
Referência: KANGUSSU, I.; FONSECA, J. T. da. Macunaíma, literatura, cinema e filosofia. Artefilosofia, v. 11, p. 144-157, 2012. Disponível em:<http://www.raf.ifac.ufop.br/pdf/artefilosofia_11/Macunaima.pdf>. Acesso em: 04 mai. 2015.
Resumo: Nosso assunto é o personagem do livro de Mário de Andrade (1893-1945), Macunaíma, um herói sem nenhum caráter (1928), criado a partir da história de um mito indígena - coletado pelo etnologista alemão, Theodor Koch-Grünberg, em Mythen und Legenden der Taulipang und Arekuna-Indianer (1924) - cujas aventuras foram adaptadas para a tela por Joaquim Pedro de Andrade. Macunaíma pode ser considerado o último filme do Cinema Novo e também o mais popular, em grande parte graças ao charme do herói sem nenhum caráter, cujas significativas pegadas serão (per)seguidas no presente ensaio para apresentar as relações entre filosofia, literatura e cinema. O texto é composto por três partes. A primeira foi escrita por Imaculada Kangussu, Jair Tadeu da Fonseca escreveu a segunda parte, e a terceira e última traz reflexões dos dois autores. __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Our subject is the character of Mário de Andrade (1893-1945) book, Macunaíma, a Hero with no Character (Macunaíma, um herói sem nenhum caráter, 1928), created upon a story of an Indian myth - collected by the German Ethnologist Theodor Koch-Grünberg, in his book Mythen und Legenden der Taulipang und Arekuna-Indianer (1924) – whose adventures were adapted for the screen by Joaquim Pedro de Andrade. Macunaíma may be considered the last movie of Brazilian Cinema Novo as well as the one most popular, in large part thanks to the charm of the hero without any significant character, whose footprints will be followed in this essay to present the relationships between philosophy, literature, and cinema. The text is composed of three parts. The first one was written by Imaculada Kangussu, Jair Tadeu da Fonseca wrote the second part, and the third and final one brings the two authors reflections.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5592
ISSN: 18098274
Licença: A Revista ARTEFILOSOFIA permite que o Repositório Institucional da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) deposite uma cópia eletrônica dos artigos publicados por esse periódico  em que ao menos um dos autores faça parte da comunidade cientifica da UFOP. Fonte: Licença concedida mediante preenchimento de formulário no dia 29 mai. de 2015.
Aparece nas coleções:DEFIL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_MacunaímaLiteraturaCinema.pdf349,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.