Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4900
Título: A educação da criança escrava nos quadros da escravidão do escritor Joaquim Manoel de Macedo.
Título(s) alternativo(s): The education of slave children in writer Joaquim Manoel de Macedo's context of slavery.
Autor(es): Fonseca, Marcus Vinícius da
Palavras-chave: História da educação
Escravidão
Literatura
Criança
Data do documento: 2011
Referência: FONSECA, M. V. da. A educação da criança escrava nos quadros da escravidão do escritor Joaquim Manoel de Macedo. Educação e Realidade, v. 36, p. 157-182, 2011. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/9483/19844>. Acesso em: 26 mar. 2015.
Resumo: A educação foi um tema que teve ampla repercussão durante o processo de abolição do trabalho escravo, principalmente nos debates relativos ao processo de construção e execução da Lei do Ventre Livre, de 1871. Neste artigo, procuramos apresentar um conjunto de fontes documentais que permitem analisar os encaminhamentos em torno do movimento de vinculação entre a educação e a questão relativa à libertação dos escravos. Em meio a estas fontes, merece destaque o livro Vítimas-algozes: quadros da escravidão, obra que demarcou a participação do escritor Joaquim Manoel de Macedo neste debate. Inicialmente, procuramos situar o livro nos debates sobre a abolição do trabalho escravo e, em seguida, tentamos destacar a sua importância em relação a um dos temas mais difíceis de serem tratados nas pesquisas relativas à escravidão: a educação das crianças escravas. Desta forma, procuramos demonstrar que esse livro permite uma aproximação com alguns aspectos relativos aos sujeitos, aos tempos, espaços e conteúdos das práticas educativas envolvidas na formação das crianças escravizadas. _____________________________________________________________________
ABSTRACT: Education was a theme of wide repercussion during the process of abolition of slave work, especially in debates concerning the design and execution of the Rio Branco Law, in 1871. This article intends to present a set of documental sources that allow to analyze the relationship between education and the issue of abolition. Among these sources, the book Vítimas-Algozes: quadros da escravidão is highlighted for marking writer Joaquim Manoel de Macedo's involvement in the debate. Initially, we situate the book in the discussion about the abolition of slave work, and then we emphasize its importance relative to one of the most difficult themes to address in researches on slavery: the education of slave children. In this way, we try to demonstrate how the book provides an approach to some aspects related to the practices involved in these children's education.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4900
ISSN: 01003143
Licença: Permite o arquivamento da versão PDF do editor em repositórios institucionais. Fonte: Sherpa/Romeo <http://www.sherpa.ac.uk/romeo/search.php?issn=0100-3143>. Acesso em: 19 mar. 2015.
Aparece nas coleções:DEEDU - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_EducaçãoCriançaEscrava.pdf202,39 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.