Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3937
Título: Abordagem histórico cultural em sala de aula inclusiva de Matemática : o processo de apropriação do conceito da função derivada por um aluno cego.
Autor(es): Gonçalves, Sandro Salles
Orientador(es): Kawasaki, Teresinha Fumi
Palavras-chave: Matemática - estudo e ensino
Ensino superior
Educação inclusiva
Data do documento: 2014
Referência: GONÇALVES, S. S. Abordagem histórico cultural em sala de aula inclusiva de Matemática : o processo de apropriação do conceito da função derivada por um aluno cego. 2014. 197f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2014.
Resumo: As dificuldades em torno do ensino e da aprendizagem de conceitos de Cálculo vêm sendo amplamente discutidas nos últimos tempos em diversas pesquisas. Algumas dessas pesquisas retratam o cotidiano da sala de aula de alunos videntes apontando caminhos que têm como ponto de partida o estímulo à visualização por meio do uso de tecnologias. A expansão do acesso ao ensino superior tem contribuído para que alunos com necessidades especiais finalmente exerçam o seu direito à educação, porém muitos são os obstáculos para que alcancemos uma efetiva inclusão. Esta pesquisa teve por finalidade observar, descrever e procurar compreender como um aluno cego utilizou a linguagem, os signos e gestos e, ainda, como se apropriou dos conceitos próprios do Cálculo, em particular o de função derivada no contexto da sala de aula e fora dela, no curso de Licenciatura em Matemática do IFMG – campus São João Evangelista. Dentro da perspectiva vygotskiana, esse estudante tem o mesmo potencial que os estudantes videntes para a apropriação de conceitos desde que sua “visualização” seja estimulada por meio de materiais manipuláveis para trabalhar outros sentidos. Portanto, esta investigação foi pautada na visão sócio, histórico e cultural de Vygotsky, mais especificamente nos conceitos de mediação por artefatos, Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP), formação de conceitos e interiorização. A pesquisa, de abordagem qualitativa, teve como instrumento de coleta de dados a observação realizada por meio de filmagens das aulas e dos encontros particulares e de apontamentos realizados durante a pesquisa. Inicialmente, elaborei uma sequência de atividades didáticas com vistas a conduzir a atividade dos alunos e, em particular, do aluno cego, de modo que pudesse perceber como ele se apropriava dos conceitos estudados. Os resultados desta pesquisa apontam o potencial que o uso de materiais manipuláveis, especialmente no campo da educação matemática, possui no desenvolvimento das funções superiores, tendo em vista que tato é um importante campo perceptivo do cego. Destaco ainda a relevância que a confecção desses materiais teve no decorrer da realização das atividades juntamente com o aluno. Como produto desta pesquisa, elaboramos um livreto com sugestão de atividades e confecção de materiais, destinado a professores, futuros professores e formadores que se sintam desafiados pela inclusão de alunos com necessidades especiais no ensino superior. __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: The difficulties surrounding teaching and learning of Calculus concepts have been widely discussed in recent and various studies. Some of these researches depict the everyday life of sighted students’, pointing paths in which visualization through the use of technologies is a stimulus for the learning of Calculus. Expanded access to higher education has contributed to students with special needs finally exercising their right to education. However, they still face many obstacles to their effective inclusion. This research aimed at observing, describing and trying to comprehend how a blind student uses language, signs and gestures, and also how he appropriates concepts of calculus, in particular, the concept of derivative function. The research was conducted in the context of the Math classes (inside and out), offered to the undergraduate teacher education course in mathematics at IFMG, in the campus of São João Evangelista. Within the Vygotskian perspective, students with special needs have the same potential as students sighted students, since his "viewing" is stimulated through manipulative activities in order to stimulate other senses. Therefore, this research was based on the social, historical and cultural theory of Vygotsky, specifically we adopt the concepts of mediation by artifacts, Zone of Proximal Development (ZPD), concept formation, and internalization. This research has a qualitative approach, and had as instruments for data collection: observation by means of videotaping, lessons and private meetings and field notes made by the author throughout the investigation. To start, I prepared a series of teaching activities to guide students activities were prepared in orde to observe how and, in particular, the blind student, appropriated the concept of derivative function. Results indicate the potential of the use of manipulative material in the field of mathematics education in the development of higher psychological functions considering that touch is an important sense of the blind. I also emphasize the importance of making these materials during the meetings along with the student. As a product of this research, we developed a booklet with suggested activities and hints for manufacturing pedagogical materials for blind learners directed to teachers, future teachers and trainers who feel challenged by the inclusion of students with disabilities in higher education.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática. Departamento de Matemática, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3937
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 24/10/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:PPGEDMAT - Mestrado profissional (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_AbordagemHistóricoCultural.pdf5,71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons