Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3543
Título: Mineração nos morros das Minas Gerais : conflitos sociais e o estilo dos pequenos exploradores (1711-1779).
Autor(es): Rezende, Dejanira Ferreira de
Orientador(es): Andrade, Francisco Eduardo de
Palavras-chave: Minas e mineração
Direito de minas
Conflitos sociais
Escravidão
Data do documento: 2013
Referência: REZENDE, D. F. de. Mineração nos morros das Minas Gerais : conflitos sociais e o estilo dos pequenos exploradores (1711-1779). 2013. 153 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2013.
Resumo: Este trabalho objetiva investigar a participação dos homens livres pobres, libertos e escravos faiscadores na mineração em Minas Gerais, maiormente na atividade realizada nos morros auríferos. A ênfase foi dada aos morros de Vila Rica, Vila do Carmo/Mariana e Vila de São João Del Rei, entre os anos de 1711 e 1779. Buscamos apreender quais as relações estabelecidas entre esses homens e os grandes mineradores, ao dividirem o mesmo espaço, relações que foram marcadas tanto por acordos quanto por conflitos. Abordamos também qual o estilo praticado por cada um desses grupos sociais ao atuarem na extração aurífera nesses morros, como eles justificavam, cada um a sua maneira, a ocupação daqueles locais, reinterpretando a legislação existente a favor de seus próprios interesses, e quais as técnicas utilizadas por uns e outros. As fontes que nos ajudaram a discutir as questões aqui propostas foram rastreadas nos mais diversos arquivos, tais como: Arquivo Histórico da Casa Setecentista de Mariana (AHCSM), Biblioteca Municipal Batista Caetano D’Almeida (BMBCDA), Arquivo Histórico do Museu da Inconfidência (AHMI) e Arquivo Público Mineiro (APM). __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: The aim of this paper is to investigate the participation of free poor men, released men and gold prospector slaves from mining in Minas Gerais, mainly in the activity realized in the gold hills. The emphasis is in Vila Rica, Vila do Carmo/Mariana and Vila de São João Del Rei, between 1711 and 1779. We soughtto understand the meaning of the relation established between these men and the great miningmen when sharing the same space, arelationship marked by many agreements and conflicts. We also dealt with the “stile” practiced by each one of these diverse social groups when actedin mining gold extraction in these hills, as they justified, each one in its own way, the occupation of the local, reinterpreting the existing legislation in favor of their own interests, and the techniques used by one and another. We tracked the sources that helped us to discuss the questions here proposed on the most diverse files, like: Historical Archive of Mariana Eighteenth Century House(Arquivo Histórico da Casa Setecentista de Mariana), Municipal Library Batista Caetano D’Almeida (Biblioteca Municipal Batista Caetano D’Almeida), Historical Archive of Conspiracy Museum(Arquivo Histórico do Museu da Inconfidência) and Public Archive of Minas Gerais (Arquivo Público Mineiro).
Descrição: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3543
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 02/07/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_ Mineração Morros Minas.pdf1,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons